O que é o Chiptuning?

Audi A1

Chiptuning: maior prazer de condução através da modificação do sistema eletrónico do veículo

Nos veículos modernos, um pequeno computador controla e monitoriza o motor. Este computador, designado por unidade de comando, está ligado ao motor através de cabos e conectores. Enquanto unidade de comando do motor, recebe os sinais analógicos e digitais, calculando a partir destes sinais ordens de comando para a ignição, injeção, regulação dos gases de escape, entre outros.

Por norma, no chiptuning, existem duas possibilidades para aumentar a potência de um motor: através de uma unidade de comando adicional eletrónica ou através do chamado tuning OBD.

Prazer de condução com o RaceChip®O chiptuning com unidade de comando adicional

No chiptuning com unidade de comando adicional, o próprio cliente ou uma oficina montam uma unidade de comando eletrónica adicional que será ligada ao motor e à própria unidade de comando do motor. Não são necessárias alterações construtivas no motor ou na unidade de comando do motor.

O funcionamento é extremamente simples: o sistema eletrónico do dispositivo adicional altera o sistema de gestão do motor em tempo real. Otimiza os mapas de curvas características vários milhares de vezes por segundo, providenciando assim um acréscimo de potência nítida e diretamente percetível. Ao mesmo tempo, se o estilo de condução não for alterado, é possível baixar o consumo de combustível.

Neste tipo de chiptuning, o programa de proteção do motor mantém-se inalterado. Não há perigo de se sobrecarregar os componentes individuais do motor. Se estiver definido um limite de velocidade máxima (V-Max) no seu veículo, este limite será mantido. O software original do veículo permanecerá igualmente inalterado.

O módulo RaceChip® como unidade de comando adicional

RaceChip One, RaceChip® Pro2, RaceChip® Ultimate

Existem três fases de expansão no aumento de potência RaceChip®: RaceChip Ultimate, RaceChip Pro2 e RaceChip One

O chiptuning RaceChip® está concebido de uma forma tão simples que, na maioria dos casos, o cliente poderá efetuar a montagem autonomamente. Em muitos veículos, a montagem demorará apenas cerca de 10 a 15 minutos, não sendo necessária qualquer ferramenta especial. Basta ligar o módulo RaceChip® ao motor e à respetiva unidade de comando através de um sistema de conectores simples, fixar o módulo e já está.

Com o chiptuning RaceChip® , pode ajustar individualmente o aumento de potência do seu motor ao seu estilo de condução caso pretenda alterar as configurações base otimizadas para o seu veículo. Pode optar por “Potência máxima”, “Tuning ecológico para poupança de combustível” ou por uma conveniente combinação dos dois ajustes anteriores.

Ajuste da potência por interruptor rotativo explicado em vídeo:

Nota: este vídeo exemplifica o ajuste de potência por interruptor rotativo com base num módulo RaceChip® para motores a gasóleo com Common Rail. Poderá encontrar outros vídeos tutoriais no nosso centro de apoio ao cliente.

Se pretender vender o seu veículo ou no caso de veículos de leasing, pode voltar a desmontar o módulo RaceChip® . Normalmente, após a desmontagem, não haverá qualquer vestígio de chiptuning. Com uma nova cablagem, poderá eventualmente voltar a montar o módulo RaceChip® no seu próximo veículo. Contacte-nos para obter mais detalhes.

O chiptuning com tuning OBD

Com o tuning OBD, o software original do veículo é alterado. É lido pela unidade de comando do motor do veículo através da interface de diagnóstico, alterado no computador através de programas correspondentes, sendo então novamente registado na unidade de comando do motor. Nalguns casos, o chip original é também substituído por um chip de tuning.

Uma vantagem do tuning OBD é o facto de ser possível eliminar o V-Max (limite de velocidade máxima). Além disso, em determinadas circunstâncias, o tuning OBD permite alcançar um maior aumento de potência do que no chiptuning com unidade de comando adicional.

Desvantagens do tuning OBD

Não é possível excluir danos no motor dado que, com o tuning OBD, é possível desativar as funções de proteção do motor.

O veículo sujeito a tuning pode deixar de poder efetuar diagnósticos devido ao software do tuning. Assim, as oficinas deixam de conseguir ler os códigos de avaria, o que as impede de efetuar corretamente eventuais reparações.

O tuning não pode ser reajustado autonomamente, devendo ser modificado no âmbito de uma nova visita ao especialista em tuning.

Na RaceChip®, optámos pelo chiptuning com unidade de comando adicional, uma vez que as vantagens predominam.

A montagem de ambos os tipos de módulos de chiptuning está sujeita ao cumprimento das disposições legais em vigor na Alemanha. Sobre este assunto, leia os nossos Avisos legais.